Prefeitura de Quissamã se reúne com a Transpetro para preparação do balneário da Lagoa Feia

Por Jornal Expresso 30/11/2017 - 10:15 hs

Foi realizada nesta quarta-feira (22), uma reunião no gabinete da Prefeita Fátima Pacheco, entre técnicas da Transpetro e secretários e coordenadores municipais, tendo como pautas o processo de preparação de instação do balneário Lagoa Feia e a segurança da Faixa de Dutos no município. O telefone de contato da Transpetro para falar com o Centro de controle de logística, para emergências, autorizações, dúvidas e reclamações é o 168.

Os dutos da Transpetro levam petróleo e derivados para todas as regiões do país. A faixa de dutos é a área onde eles estão instalados. Você pode identificá-la por meio de marcos amarelos e placas. Em Quissamã, a Faixa dos Dutos encontra-se em Caxias, Sítio Quissamã, Alto Alegre e no Carmo, no Conjunto Habitacional Luiz Gonzaga Lemos.

O encontro foi iniciado com uma apresentação de slides, pela Supervisora de Manutenção de Faixas de Dutos do Sudeste, Marisa G.T. Oliveira e a Engenheira Geotécnica, Lais Regina de Oliveira Tavares, sobre informações sobre a Transpetro; a faixa de dutos, as medidas de segurança e controle da integridade dos dutos e faixas; da gestão de interferências de terceiros; do fluxograma do processo de interferência, das etapas do processo de interferência; do relacionamento com as partes interessadas das faixas de dutos; dos simulados; e ao final, um vídeo mostrando o furto de dutos na região.

A Supervisora Marisa Oliveira disse que a proposta da reunião é estreitar o relacionamento entre a Transpetro e os órgãos que atuam na Prefeitura de Quissamã. "Nosso objetivo é esclarecer sobre o trabalho da Transpetro, como atua com as medidas de controle e de prevenção para garantia da integridade dos dutos existentes", destacou.

O vice-prefeito e secretário de Obras, Serviços Públicos e Urbanismo, Marcelo Batista, conta que o projeto de instalação do Balneário na Lagoa Feia está em estudo, e que a Prefeitura já está entrando com os pedidos das licenças ambientais. "Estamos solicitando da Transpetro um estudo para saber o que pode se fazer nessa área dos dutos no entorno do balneário", explicou.

 

De acordo com as normas de segurança da Transpetro, existem uma série de restrições em relação à Faixa de Dutos: é proibido cavar, furar ou aterrar; transitar com tratores e veículos pesados perto da área de tubulação; obras e construções na faixa de dutos; fazer fogueira, soltar balões ou fogos. A empresa também pede que as pessoas informem movimentações suspeitas perto da área da Transpetro; da presença de carros e pessoas com mangueiras, canos, ferramentas e outros equipamentos; Caso sinta cheiro forte de combustível, afaste-se do local e ligue na mesma hora para a central, no número 168.