Direito do Consumidor: Procon presta contas de suas atividades

Direito do Consumidor: Procon presta contas de suas atividades

Por Jornal Expresso 27/12/2017 - 12:13 hs

Cumprindo diretriz do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor e do Procurador Geral do Município, Dr. Renato Vasconcellos, o PROCON       

presta contas a população Riostrense acerca das atividades desenvolvidas pelo Órgão em 2017 e apresenta ranking negativo das empresas locais e nacionais - por segmento - tendo como critério o maior número de  reclamações e/ou irregularidades encontradas nas diversas operações deflagradas e atendimentos presenciais.


Início das atividades: 15/03/2017

Total de atendimentos registrados em 9 meses:3.419  (média de mais de 375 atendimentos por mês)

Mais de 400 cálculos de Análise Financeira realizados para coibir cobrança de juros abusivos!

Mais de 300 empresas fiscalizadas e 122 autuadas!

Ranking negativo 

Postos de Gasolina

1º) Posto Fazenda do Bosque

2º) Posto Mar Azul

3º) Auto Posto Campomar 

4º) Auto Posto Praia Âncora

Farmácias

1º - Farmácia Litorânea

2º) DH Araújo de Souza Drogaria

3º) Drogaria PMG

4º) Lagos Farma

Pizzarias

1º) Pizzaria Beirut

2º) Ostra Pizza

3º) Don Vicente Pizza Grill 

4º) Pizzaria La Famiglia 

Supermercados

1º) Rede Oásis 

2º) Extra Supermercados

3º) Avistão Supermercados

4º) Multimarket

Agências de Veículos

1º) Itália Motors

2º) Carvani Veículos

3º) Criscarros

4º) Full Car Veículos

5º) Jacob Motors

Laboratórios

1º) Bioanálise Laboratório 

2º) Pedrosa Laboratório 

3º) Carvalhães Laboratório

4º) Laboratório Materdei 

5°) Unimed 

Comércio Varejista

1º) Americanas

2º) Casa do Biscoito

3º) Ponto Frio 

4º) Casa e Vídeo

Bancos (espera na fila)

1º) Santander

2º) Banco do Brasil

3º) Bradesco

 

Ranking das Empresasnacionais com maior número de reclamações

1º) Telemar Norte Leste S.A - Oi - 264 reclamações 

2º) Ampla Energia e Serviços S.A - ENEL - 235 reclamações 

3º) Telefônica Brasil S.A - VIVO - 199 reclamações

4º) Itaú - 186 reclamações 

5º) Caixa Econômica Federal - 180 reclamações 

6º) NET - 141 reclamações 

7º) CNOVA Comércio Eletrônico S.A - 117 reclamações 

8º) SKY - 70 reclamações 

9º) CLARO Móvel - 63 reclamações 

10°) B2W Companhia Global do Varejo - 56 reclamações 

11º) Banco Bradescard S.A - 56 reclamações 

12º) Nova Casas Bahia S.A - 54 reclamações 

13º) CEDAE - 44 reclamações 

14º) Banco BRADESCO S.A - 42 reclamações 

15º) GLOBEX Utilidades S.A - 41 reclamações


Dr. Renato Vasconcellos, Procurador Geral do Municipio, ressaltou que produtos vencidos, em mau estado de conservação, acondicionados de forma irregular, de qualidade duvidosa, sem preços, além de irregularidades administrativas motivaram a aplicação de multas e interdições em mais de 120 empresas locais. 

Cobrança abusiva de juros e propaganda enganosa também foram amplamente coibidos pelo PROCON. Demora em filas de bancos e laboratórios também foram alvo da fiscalização. "Em 2018 estas operações serão intensificadas e o combate à formação de cartel dos postos de gasolina e, por conseguinte, do preço abusivo será prioridade para PROCON que contará com a ajuda da ANP e do CADE para garantir combustível de qualidade e preço justo para o consumidor riostrense", encerrou o Procurador.