Câmara aprova propostas para a saúde básica

Por Jornal Expresso 16/08/2018 - 14:55 hs

Propostas para a saúde básica centralizaram as votações da Câmara Municipal de Macaé desta terça-feira (14). Dentre as propostas aprovadas, Welberth Rezende (PPS) apresentou três requerimentos que solicitam ao Executivo medidas de valorização para os servidores que atuam nas áreas preventivas.

O primeiro defende que o governo envie projeto de lei para criação de um convênio na esfera federal, possibilitando que Macaé receba verba do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ). Segundo Welberth, a iniciativa também permitirá que Unidades Básicas de Saúde (UBS) destinem parte dos recursos para a aquisição de novos equipamentos.

“A cidade pode ganhar muito com essa parceria. As unidades que estiverem dentro do convênio e cumprirem as metas de qualidade do atendimento serão contempladas. Nesse requerimento, também apresento a sugestão para que as equipes recebam bonificações com os recursos do PMAQ”, defendeu.

Na sequência, Welberth solicitou que a Secretaria de Administração estude a possibilidade de enviar uma proposta de enquadramento para os servidores do programa Estratégia Saúde da Família (ESF). Por fim, o parlamentar acionou a mesma pasta com o pedido de correção salarial para sanar a diferença existente entre os técnicos de enfermagem da prefeitura e os do ESF.